Pular para o conteúdo principal

Postagens

Felicidade Ilusória da Embriaguez dos Sentidos - Texto de Divaldo Franco

Sei que o carnaval já acabou, mas fica a lição. Uma vez que cada dia mais as pessoas vivem no seu eterno Carnaval.

Priscila Benedetti


E o Carnaval chegou com todos os seus ruídos e paixões primárias, anunciando alegria e felicidade, essa felicidade ilusória da embriaguez dos sentidos.

Ante a miséria que alarga a sua capacidade de destruir as massas ao lado da violência voluptuosa e destruidora, recordamo-nos do período imperial de Roma, que abria o circo para a generosidade do tirano que governava anestesiando os desditosos com o célebre “panis et circensis”.

A situação atual é pior do que aquela, porque se oferece apenas o circo de grandes proporções, nem sempre gratuita, mas vendidas as suas concessões.

Embriagadas, as multidões assumem o descontrole dos sentidos e atiram-se na ufania dos poucos dias de loucura e prazer, para depois retornar à normalidade impossível de ser mantida. E o carnaval, de certo aspecto, continua dominando aqueles que preferem a ilusão que se desvanece rapidame…
Postagens recentes

Cinco Dias no Umbral- O Resgate- Resenha

Recentemente fiz uma breve resenha sobre o livro Cinco Dias no Umbral, como boa leitora que sou, li também a continuação, Cinco Dias no Umbral- O Resgate, falarei sobre esse livro agora.
A história é uma continuação, sendo assim não poderei entra muito afundo para não estragar o livro anterior.
Cinco Dias no Umbral- O Resgate, tem uma história mais densa. O umbral dessa vez é o protagonista. Uma vez que toda a história se passa lá e as coisa vão acontecendo de acordo com as camadas dele.
Como no outro livro, essa história nos mostra a importância do amor, da caridade, da oração e da fé em Deus. Nos mostra ainda os dois lados do livre arbítrio.
Deus em sua infinita bondade nos concedeu o livre arbítrio, para que pudêssemos fazer nossas próprias escolhas. Isso se dá tanto aqui na Terra, quanto no plano espiritual.
Em algumas passagens do livro, eu me surpreendi com algumas narrativas, parava de ler e ficava pensando em tudo que tinha lido, a resposta era sempre a mesma , livre arbítrio…

Cinco Dias no Umbral- Resenha

Sabe aquele livro que para todo o lugar que você olha você o vê? Pois bem, esse livro foi assim comigo, até eu ganhar de presente e entender o porquê.

Cinco Dias no Umbral, conta muito mais que a trajetória da protagonista Nina pelo umbral, ele conta uma história de amor e abnegação em prol do outro.

Esse livro nos mostra a importância da fé, da caridade e de saber que tudo na vida tem sua certa para acontecer. Que Deus está sempre conosco, mesmo quando duvidamos Dele, Ele nunca desiste de nós.

Cinco Dias no Umbral, é um livro leve, rápido de ler e cheio de ensinamentos.

Lendo esse livro conheci um pouco sobre a colônia espiritual Amor e Caridade, uma colônia pequena, se comparada a Nosso Lar, mas repleta de amor, principalmente pelas crianças que desencarnam com câncer.

Me surpreendi e ,até duvidei em certos momentos, como cada desencarne é diferente. Estamos tão acostumados a ver tudo 8 ou 80, tanto aqui na Terra quanto no plano espiritual, que fiquei admirada como tudo é relativo e que …

O Poder do Amor Espiritual

Vamos começar 2018 com esse texto lindo do Marco Porto e mentalizarmos mais amor para esse novo ano que se inicia.

Muito amor para todos nós!

Priscila Benedetti


Amor Espiritual significa amor sem expectativas.
Normalmente, quando se ama alguém ou algo, existe algum tipo de expectativa implícita.
No entanto, o Amor Espiritual é incondicional, não importando quais sejam as circunstâncias.

Vamos, então, refletir sobre o tema?

Esta forma de amor é Divina e só se desenvolve após considerável prática espiritual, quando sentirmos o Ser Maior Criador Deus em nossos corações.
Assim também, tornamo-nos pessoas mais felizes, quando nosso amor não é influenciado ou diluído por expectativas.

O poder do Amor Espiritual ou amor sem expectativas se baseia nos anseios de Alma!

Este é semelhante a uma cadeia de ligações das contas em um colar, sendo em qualquer forma, cor ou tamanho, ou seja, a aparência externa não é importante, onde cada conta representa o desenvolvimento da Alma, que embora sendo igual …

O Natal e seus Símbolos

O que é o Natal:

O Natal é uma data comemorativa que simboliza o nascimento de Jesus Cristo.Esta celebração acontece há mais de 1.600 anos no dia 25 de dezembro.

Natal se refere a nascimento ou ao local onde alguma pessoa nasceu. Por exemplo, a expressão "cidade natal" indica a cidade onde um determinado indivíduo nasceu. A palavra "natal" significa "do nascimento".

Origem do Natal

Natal (com inicial maiúscula) é o nome da festa religiosa cristã que celebra o nascimento de Jesus Cristo, a figura central do Cristianismo. O dia de Natal, 25 de dezembro, foi estipulado pela Igreja Católica no ano de 350 (século IV) através do Papa Júlio I, sendo mais tarde oficializado como feriado.

A Bíblia não diz nada sobre o dia exato em que Jesus nasceu e por isso a comemoração do Natal não fazia parte das tradições cristãs no início. O Natal começou a ser celebrado para substituir a festa pagã da Saturnália, que por tradição acontecia entre 17 e 25 de dezembro. A comemoraçã…

Seja Inteiro no que Importa

A gente pode morar numa casa mais ou menos, numa rua mais ou menos, numa cidade mais ou menos, e até ter um governo mais ou menos. 
A gente pode dormir numa cama mais ou menos, comer um feijão mais ou menos, ter um transporte mais ou menos, e até ser obrigado a acreditar mais ou menos no futuro.
A gente pode olhar em volta e sentir que tudo está mais ou menos...

Tudo bem!

O que a gente não pode mesmo, nunca, de jeito nenhum... 
é amar mais ou menos, sonhar mais ou menos, ser amigo mais ou menos, namorar mais ou menos, ter fé mais ou menos, e acreditar mais ou menos. 
Senão a gente corre o risco de se tornar uma pessoa mais ou menos.

Chico Xavier

Propague o Amor S2

Para todos os lados que olho, vejo pessoas praguejando, reclamando apontando o dedo e fico pensando o porque de tanto raiva.

Até os filmes de hoje são sobre ódio, luta, vingança e se tem um romance de pano de fundo pronto, lá vem o resmungão" ...pra que romance? Estragou o filme".

Por que estamos sempre escolhendo um lado?

Por que a tragédia de uns é mais importante que a tragédia de outros?

Somos todos irmãos, estamos aqui para evoluir e não para julgar.

O Mestre Jesus disse " Amei-vos uns aos outros" e nem isso conseguimos fazer.

Sou uma pessoa que gosta de ver o lado bom de tudo, gosto de cores, natureza, mas muitos me julgam, dizem que sou boba.

Prefiro mil vezes ver um romance bobo, ler um livro bobo e sentir amor no meu coração, viajar em meus pensamentos, isso me deixa mais perto de Deus.

Espero um dia poder encontrar mais pessoas como eu, mas até lá, vou seguir meu coração e fugir do ódio o quanto puder e espalhar o Amor sempre que puder.

Priscila Benedett…