Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2018

Felicidade Ilusória da Embriaguez dos Sentidos - Texto de Divaldo Franco

Sei que o carnaval já acabou, mas fica a lição. Uma vez que cada dia mais as pessoas vivem no seu eterno Carnaval.

Priscila Benedetti


E o Carnaval chegou com todos os seus ruídos e paixões primárias, anunciando alegria e felicidade, essa felicidade ilusória da embriaguez dos sentidos.

Ante a miséria que alarga a sua capacidade de destruir as massas ao lado da violência voluptuosa e destruidora, recordamo-nos do período imperial de Roma, que abria o circo para a generosidade do tirano que governava anestesiando os desditosos com o célebre “panis et circensis”.

A situação atual é pior do que aquela, porque se oferece apenas o circo de grandes proporções, nem sempre gratuita, mas vendidas as suas concessões.

Embriagadas, as multidões assumem o descontrole dos sentidos e atiram-se na ufania dos poucos dias de loucura e prazer, para depois retornar à normalidade impossível de ser mantida. E o carnaval, de certo aspecto, continua dominando aqueles que preferem a ilusão que se desvanece rapidame…

Cinco Dias no Umbral- O Resgate- Resenha

Recentemente fiz uma breve resenha sobre o livro Cinco Dias no Umbral, como boa leitora que sou, li também a continuação, Cinco Dias no Umbral- O Resgate, falarei sobre esse livro agora.
A história é uma continuação, sendo assim não poderei entra muito afundo para não estragar o livro anterior.
Cinco Dias no Umbral- O Resgate, tem uma história mais densa. O umbral dessa vez é o protagonista. Uma vez que toda a história se passa lá e as coisa vão acontecendo de acordo com as camadas dele.
Como no outro livro, essa história nos mostra a importância do amor, da caridade, da oração e da fé em Deus. Nos mostra ainda os dois lados do livre arbítrio.
Deus em sua infinita bondade nos concedeu o livre arbítrio, para que pudêssemos fazer nossas próprias escolhas. Isso se dá tanto aqui na Terra, quanto no plano espiritual.
Em algumas passagens do livro, eu me surpreendi com algumas narrativas, parava de ler e ficava pensando em tudo que tinha lido, a resposta era sempre a mesma , livre arbítrio…