Aprenda com a Natureza


Resplandece o Sol no alto, a fim de auxiliar a todos.

As estrelas agrupam-se em ordem

O céu tem horários para a luz e para a sombra.

O vegetal abandona a cova escura, embora continue ligado ao solo, buscando a claridade a fim de produzir.

O ramo que sobrevive à temperatura cede à passagem dela, mantendo-se, não obstante, no lugar que lhe é próprio.

A rocha garante a vida no vale, por resignar-se a solidão.

O rio atinge os seus objetivos porque aprendeu a contornar obstáculos.

A ponte serve ao público sem exceções, por afirmar-se contra o extremismo.

O vaso serve ao oleiro, após suportar o clima do fogo.

A pedra brilha, depois de sofrer as limas do lapidário.

O canal preenche as suas finalidades, por não perder o acesso ao reservatório.

A semeadura rende sempre,de acordo com os propósitos do semeador.

Fonte: Agenda Cristã


Aprendemos muito com a natureza sempre nos dispomos à observá-la. Ela não é egoísta e por mais que a maltratamos ela sempre da um jeito de se renovar.


Pris

Comentários

  1. Lindo texto amiga!
    Realmente se olharmos atentamente...a natureza nos dá um show de aprendizagem a todo instante...é perfeito!
    Beijos
    Valéria

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Meus queridos amigos!
Obrigada pelo carinho e atenção de todos vocês!
Seus comentários são muito importantes pra mim.
Beijinhos

Pris

Postagens mais visitadas deste blog

Segredos da Alma

Mensagem Espírita de Fim de Ano

Fluidos, Sugadores de Energia, Parte 2/6