Pular para o conteúdo principal

Saber Usar é Saber Viver



A importância do consumo consciente da água e seu emprego no Espiritismo

Não é de hoje que ouvimos a expressão “faço porque todos fazem!”. Aliás, nenhum de nós está excluído de tal feito! Mas, o ser humano, ao guiar-se por pensamentos ou atos semelhantes peca, principalmente quando o assunto é ÁGUA. Seu desperdício no Brasil nos leva a uma contradição: possuímos o maior rio do mundo – o Rio Amazonas, com 7.025 km de extensão – e mesmo assim somos despertados frequentemente por anúncios sobre o uso inadequado de água, sua economia e constantes alertas a um possível racionamento. Para se ter idéia do consumo errado que o homem faz de algo tão precisoso, segundo pesquisa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), realizada em 4.425 cidades, 92% do esgoto produzido no país é lançado nos rios e no mar sem qualquer tratamento – os rios são responsáveis por 51% da utilização de água no país – e 30 milhões de habitantes, dos 150 milhões do Brasil, não recebem água tratada. Só no Estado de São Paulo o uso é de 354 mil litros por segundo, o mesmo gasto por uma família de quatro pessoas durante um ano e meio. O desperdício de água chega a 70% nas residências, onde 78% é “perdido” na hora do banho. Onde vamos parar assim?

Água & Espiritualidade – Para suprir algumas de suas necessidades os homens transformam os recursos naturais presentes no meio ambiente terreno, como vimos acima. Mas o que muitos não percebem é que, tentando alimentar exigências puramente materiais, com banhos demorados, lavagem de quintais e automóveis com quantidade de água desnecessária, ao regar jardins em excesso, entre outras más atitudes, perdem um bem dado pelo plano espiritual com a finalidade pura de evolução, responsabilidade e consciência, além de cuidado, já que a água é responsável direta pela hidratação do organismo, constituindo 65% do corpo.

Em O Livro dos Espíritos, Allan Kardec explica que o planeta produz bastante para oferecer o necessário às pessoas, porém, elas não sabem contentar-se com o que possui. “Se a Terra não cumpre todas as necessidades é porque o homem emprega no supérfluo o que se destina ao necessário. Quando metade dos produtos é desperdiçada na satisfação de fantasias, deve ele se admirar de nada encontrar no dia seguinte e tem razão de se lastimar por se achar desprevenido quando chega o tempo de escassez? Na verdade eu vos digo que não é a Natureza a imprevidente, mas o homem que não sabe regular-se”. E ainda completa: “A natureza não pode ser responsável pelos vícios de organização social, nem pelas consequências da ambição e do amor-próprio”, esclarece o autor. Cabe ao ser encarnado praticar as leis de generosidade e amor ao próximo, como ensina a doutrina espírita. Refletir nos próprios atos é pensar em um futuro espiritualmente elevado para as sociedades.

Além dos benefícios já conhecidos da água, o plano espiritual a utiliza para alguns fins, entre eles, a fluidificação, ou seja, sua magnetização com energias positivas e regenerativas. Água fluída ou fluidificada é um recurso frequentemente utilizado em casas espíritas para complementar o tratamento dos passes. A fluidificação é feita pelo envio de fluidos doados pelos planos espirituais, auxiliando no equilíbrio do corpo físico e espiritual de quem ingeri-la. Em A Gênese, Allan Kardec também afirma que “a água pode adquirir qualidades poderosas e efetivas, sob a ação do fluido espiritual ou magnético, ao qual elas servem de veículo”.

O fator moral é o que guia nossas atitudes. Quando elevado, auxilia a circulação de bens, inclusive os materiais, para a subsistência física e espiritual. Tenhamos consciência e refletamos sobre as Leis Morais para utilizarmos melhor os recursos que a divindade nos empresta cada segundo para auxiliar a nossa evolução!


Algumas dicas conscientes!

* Feche a torneira enquanto escova os dentes, faz a barba, ensaboa as mãos e lava a louça.

* Não tome banhos demorados. Tente limitá-lo em 6 minutos. Desligue o chuveiro enquanto se ensaboa e só o ligue depois de tirar toda a roupa.

* A válvula do vaso sanitário gasta muita água em um único aperto. Não a acione à toa e aperte somente o tempo necessário, além de mantê-la regulada.

* Deixe a roupa acumular e lave tudo de uma vez.

* Não use sabão em excesso para evitar maior número de enxágües.

* Conserte vazamentos o quanto antes.

* Quando for limpar o aquário, aproveite a água para regar as plantas. Ela está enriquecida com nitrogênio e fósforo, o que as faz muito bem.


MICHELE LOPES

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Segredos da Alma

Essa semana terminei de ler o livro Segredos da Alma ( escrito por Mônica de Castro- ditado por Leonel). Confesso que foi difícil terminar de lê-lo, primeiro porque a escritora é muito detalhista e eu estou acostumada a uma leitura mais dinâmica e segundo porque por várias vezes fiquei abismada com as atitudes da personagem principal. Vou fazer um breve, bem breve, resumo do livro.
A personagem principal é Althea; ela fica muito tempo presa no umbral por seus algozes Decius que julga ama-la e Rupert o chefe. Ela se arrepende de seus erros e é resgatada pelo seu avô Joseph. Depois de recuperada ela assume uma missão e volta como Vivian.
Nessa nova oportunidade, ela teria que conter os seus instintos de mulher sedutora, teria também que resgatar algumas dívidas e ser escritora, coisa difícil, pois ela volta na Inglaterra do século XVIII, onde as mulheres não podiam ser escritoras.
Ela é orientada por seu avô e obsediada por Decius e Rupert e infelizmente Vivian sempre sede as obsessões esc…

Mensagem Espírita de Fim de Ano

Hoje é o dia que dá início a um novo ano. 
É o dia primeiro. 
Todos queremos iniciar mais um ano com esperanças renovadas.
É um momento de alegria e confraternização. 
As rogativas, em geral, são para que se tenha muito dinheiro no bolso, saúde pra dar e vender. Mas será que se tivermos tudo isso teremos a garantia de um ano novo cheio de felicidade? Se Deus nos dá saúde, o que normalmente ocorre é que tratamos de acabar com ela em nome das festas.
Seja com os excessos na alimentação, bebidas alcoólicas, tabaco, ou outras drogas não menos prejudiciais à saúde. 
Não nos damos conta de que a nossa saúde depende de nós. Dessa forma, se quisermos um bom ano, teremos que fazer a nossa parte. Se pararmos para analisar o que significa a passagem do ano, perceberemos que nada se modifica externamente. 
Tudo continua sendo como na véspera. 
Os doentes continuam doentes, os que estão no cárcere permanecem encarcerados, os infelizes continuam os mesmos, os criminosos seguem arquitetando seus crimes, e assi…

Fluidos, Sugadores de Energia, Parte 2/6

NECESSIDADE DE UMA CARGA ENERGÉTICA VITAL
Todos nós possuímos necessidade de umacargaenergética vitalparanutrirnossoscorposfísicoe espiritual. A medida que gastamos a carga energética vital ela deve ser reposta, os mecanismos naturais de recomposição (respiração, alimentação, absorção fluido Cósmico universal e fluido vitais através dos chacras, etc). A reposição dessa carga energética vital na quantidade mínima que necessitamos para manter a vida depende de vários fatores, tais como: o modo de vida, o meio, a qualidadedospensamentos, dos sentimentos, das sensações, entre outros.
NUTRIÇÃO ENERGÉTICA
Uma parte da energia que precisamos nós obtemos através da alimentação, ou seja, através de comida sólida e líquida, o arroz-feijão de cada dia. Outra parte das energias vitais, absorvemos através da respiração. Porém, a maior parte de energia Vital que necessitamos é extraído do Fluido Cósmico Universalque é absorvido diretamente pelo perispírito através dos centros de forças. Nossa nutrição e…