Pular para o conteúdo principal

Teoria e Aplicação



O Evangelho de Jesus é, sem dúvida, roteiro seguro para qualquer situação na vida.
Quando se propôs vir até nós, Jesus tinha o claro objetivo de nos ensinar a amar. Assim, todas as situações que surgiam se tornavam aulas grandiosas a respeito das coisas de Deus.
Utilizou-Se de comparações, metáforas, histórias, como técnicas de ensino para cada um que O ouvia, e para aqueles que mais tarde O ouviriam.
Porém, a mensagem de Jesus sempre foi para ser aplicada no cotidiano, nunca uma tese filosófica, sem preocupação de uso prático.
Por este motivo Jesus utilizava conceitos simples e corriqueiros para ensinar as coisas da vida, para falar da lei de amor, para explicar o Reino de Deus.
Dessa forma, ao travarmos contato com a mensagem do Cristo é necessário o entendimento de que ela não deve permanecer somente na mente, mas deve ser transferida para nossas ações.
Isto é, que a cada conceito que consigamos entender, que a cada reflexão que façamos, o passo seguinte seja o exercício para sua aplicação.
Quando Jesus perdoou a mulher adúltera, prestes a ser apedrejada em praça pública, ao se despedir, lembrou-a de seguir sua vida, sem tornar a pecar.
Era a lição para os apedrejadores, mas também para a acusada.
Dizia que, antes de buscarmos Deus pela oração, era necessário reconciliarmo-nos com nosso próximo, enquanto esse ainda estava conosco.
Ensinava assim que o perdão deve se constituir de atos e não de palavras ou de orações vazias.
Ter Jesus como referência nos templos de oração, sem conseguir vivenciar Seus ensinamentos no cotidiano, é a fé sem obras e vazia.
Por coerência, ao nos afirmarmos cristãos, devemos fazer com que nosso comportamento seja a prova de que efetivamente acreditamos que a proposta de Jesus vale a pena.
Se temos o Evangelho do Cristo como referência, nossa preocupação maior deve ser a de que nossas ações e valores reflitam efetivamente a mensagem do Cristo, a mesma que carregamos em nossa intimidade.
O conhecimento da mensagem de Jesus nos liberta da ignorância, mas somente sua aplicação nos libera do sofrimento.
Afinal, não basta conhecer. É necessário utilizar o que se conhece.
Portanto, se nos afirmamos cristãos, é hora de utilizarmos do bojo de informações salutares e lúcidas que possuímos a fim de que as paisagens do nosso planeta se tornem mais suaves.
Assim agindo, estaremos dando o nosso contributo para que as propostas de Jesus sejam ferramentas de modificação das estruturas sociais, ainda carentes daqueles que, corajosamente, se propõem a vivenciá-las em plenitude.

Redação do Momento Espírita, com base no cap. 17 
do livro 
Momentos de felicidade, pelo Espírito Joanna de 
Ângelis, psicografia de Divaldo Pereira Franco, ed. Leal.
Em 21.02.2012.

Comentários

  1. Mensagem clara e simples, temos q por em prática os ensinamentos de JESUS, senão, não somos cristãos. Muita paz!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Meus queridos amigos!
Obrigada pelo carinho e atenção de todos vocês!
Seus comentários são muito importantes pra mim.
Beijinhos

Pris

Postagens mais visitadas deste blog

Segredos da Alma

Essa semana terminei de ler o livro Segredos da Alma ( escrito por Mônica de Castro- ditado por Leonel). Confesso que foi difícil terminar de lê-lo, primeiro porque a escritora é muito detalhista e eu estou acostumada a uma leitura mais dinâmica e segundo porque por várias vezes fiquei abismada com as atitudes da personagem principal. Vou fazer um breve, bem breve, resumo do livro.
A personagem principal é Althea; ela fica muito tempo presa no umbral por seus algozes Decius que julga ama-la e Rupert o chefe. Ela se arrepende de seus erros e é resgatada pelo seu avô Joseph. Depois de recuperada ela assume uma missão e volta como Vivian.
Nessa nova oportunidade, ela teria que conter os seus instintos de mulher sedutora, teria também que resgatar algumas dívidas e ser escritora, coisa difícil, pois ela volta na Inglaterra do século XVIII, onde as mulheres não podiam ser escritoras.
Ela é orientada por seu avô e obsediada por Decius e Rupert e infelizmente Vivian sempre sede as obsessões esc…

Mensagem Espírita de Fim de Ano

Hoje é o dia que dá início a um novo ano. 
É o dia primeiro. 
Todos queremos iniciar mais um ano com esperanças renovadas.
É um momento de alegria e confraternização. 
As rogativas, em geral, são para que se tenha muito dinheiro no bolso, saúde pra dar e vender. Mas será que se tivermos tudo isso teremos a garantia de um ano novo cheio de felicidade? Se Deus nos dá saúde, o que normalmente ocorre é que tratamos de acabar com ela em nome das festas.
Seja com os excessos na alimentação, bebidas alcoólicas, tabaco, ou outras drogas não menos prejudiciais à saúde. 
Não nos damos conta de que a nossa saúde depende de nós. Dessa forma, se quisermos um bom ano, teremos que fazer a nossa parte. Se pararmos para analisar o que significa a passagem do ano, perceberemos que nada se modifica externamente. 
Tudo continua sendo como na véspera. 
Os doentes continuam doentes, os que estão no cárcere permanecem encarcerados, os infelizes continuam os mesmos, os criminosos seguem arquitetando seus crimes, e assi…

Fluidos, Sugadores de Energia, Parte 2/6

NECESSIDADE DE UMA CARGA ENERGÉTICA VITAL
Todos nós possuímos necessidade de umacargaenergética vitalparanutrirnossoscorposfísicoe espiritual. A medida que gastamos a carga energética vital ela deve ser reposta, os mecanismos naturais de recomposição (respiração, alimentação, absorção fluido Cósmico universal e fluido vitais através dos chacras, etc). A reposição dessa carga energética vital na quantidade mínima que necessitamos para manter a vida depende de vários fatores, tais como: o modo de vida, o meio, a qualidadedospensamentos, dos sentimentos, das sensações, entre outros.
NUTRIÇÃO ENERGÉTICA
Uma parte da energia que precisamos nós obtemos através da alimentação, ou seja, através de comida sólida e líquida, o arroz-feijão de cada dia. Outra parte das energias vitais, absorvemos através da respiração. Porém, a maior parte de energia Vital que necessitamos é extraído do Fluido Cósmico Universalque é absorvido diretamente pelo perispírito através dos centros de forças. Nossa nutrição e…