Pular para o conteúdo principal

O Ter e o Ser

Sempre reclamamos que queremos mais dinheiro, queremos mais eletrodomésticos, queremos mais eletroeletrônicos, queremos um carro melhor, uma casa maior... queremos, queremos, queremos …
Mais e o que temos, e o que somos?
Será que realmente seremos mais felizes se tivéssemos tudo o que queremos?
Falo de experiência própria, NÃO!
Sempre tive uma vida tranquila, com algumas restrições financeiras, mas sempre fui feliz.
Esse ano tive algumas conquistas, realizações de alguns sonhos. Fiquei super feliz, mas com grandes conquistas, vem grandes responsabilidades.
Não estou reclamando, afinal eu sonhei e trabalhei muito para conquistar o que eu queria, mas vieram responsabilidades novas, tive que lidar com problemas que não faziam parte da minha realidade, e foi difícil assimilar tudo.
Hoje vendo fotos antigas no meu PC vi que sempre fui feliz, não preciso de mais nada para ser feliz.
Valorizo tudo o que eu tenho e principalmente em quem me tornei.
Descobri que materialmente falando, preciso só do básico para ser feliz. E hoje me sinto completa e muito feliz por tudo o que tenho e mais feliz ainda por ter ao meu lado pessoas amadas e ainda posso ajudar outras. Isso para mim é FELICIDADE!!
Muitas pessoas se perdem na busca de seus sonhos, acreditando que só quando realizarem seus sonhos serão felizes, mero engano.
A cada sonho realizado, um novo surge, e isso é um ciclo que não acaba nunca quando você não valoriza, ou, não sabe lidar com o que tem.
Vivemos em um mundo consumista, mas depois de tanto correr, depois de tanto refletir, cheguei a conclusão que...
Só seremos felizes quando olharmos para nós, para dentro de nós, quando ao invés de gastar, doar, ao invés de pedir, agradecer, ao invés de reclamar de uma situação, achar a solução.
Temos que ser mais...
Mais felizes, mais agradecidos, mais caridosos, mais compreensivos, mais amigos, mais filhos, mais cristãos.
Como está escrito no Evangelho Segundo o Espiritismo Cap, V no Sub Capitulo: A felicidade não é deste mundo
A felicidade não é deste mundo. Com efeito, nem a riqueza, nem o poder, nem mesmo a florida juventude são condições essenciais à felicidade. Digo mais: nem mesmo reunidas essas três condições tão desejadas, porquanto incessantemente se ouvem, no seio das classes mais privilegiadas, pessoas de todas as idades se queixarem amargamente da situação em que se encontram.”
François-Nicolas-Madeleine,cardealMorlot.(Paris, 1863.)
Se a felicidade não é desse mundo, mas queremos ser felizes agora e não depois, então teremos que começar a agir agora como agiremos depois, ou seja, não temos que esperar para desencarnar e ver as coisas erradas, ou pensamentos errados e corrigi-los depois e assim ser feliz, sabemos agora o que devemos fazer.
Não deixe para amanhã o bem que você pode fazer hoje.
Seja e não tenha, assim talvez sua felicidade pode ser também nesse mundo, afinal Jesus queria nosso bem, e não é pecado tentar ser feliz agora.
Então meus queridos amigos, vamos ser mais … !



Texto de : Pris Benedetti

Comentários

  1. Pris, reflexão perfeita. A mídia nos conduz a um enorme engano: colocar nossa felicidade nos bens materiais. A felicidade não está nas coisas materiais, mas nas conquistas espirituais. Nesse mundo não teremos a felicidade completa, mas momentos de felicidade. Enfim, estamos em um mundo de provas e expiações, que demanda muito trabalho e aprendizado, de nossa parte. Não estamos à passeio nesta vida, temos que trabalhar, e muito, para construirmos nossa felicidade futura. Muita paz e um ótimas festas para vc e sua família!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Meus queridos amigos!
Obrigada pelo carinho e atenção de todos vocês!
Seus comentários são muito importantes pra mim.
Beijinhos

Pris

Postagens mais visitadas deste blog

Segredos da Alma

Essa semana terminei de ler o livro Segredos da Alma ( escrito por Mônica de Castro- ditado por Leonel). Confesso que foi difícil terminar de lê-lo, primeiro porque a escritora é muito detalhista e eu estou acostumada a uma leitura mais dinâmica e segundo porque por várias vezes fiquei abismada com as atitudes da personagem principal. Vou fazer um breve, bem breve, resumo do livro.
A personagem principal é Althea; ela fica muito tempo presa no umbral por seus algozes Decius que julga ama-la e Rupert o chefe. Ela se arrepende de seus erros e é resgatada pelo seu avô Joseph. Depois de recuperada ela assume uma missão e volta como Vivian.
Nessa nova oportunidade, ela teria que conter os seus instintos de mulher sedutora, teria também que resgatar algumas dívidas e ser escritora, coisa difícil, pois ela volta na Inglaterra do século XVIII, onde as mulheres não podiam ser escritoras.
Ela é orientada por seu avô e obsediada por Decius e Rupert e infelizmente Vivian sempre sede as obsessões esc…

Mensagem Espírita de Fim de Ano

Hoje é o dia que dá início a um novo ano. 
É o dia primeiro. 
Todos queremos iniciar mais um ano com esperanças renovadas.
É um momento de alegria e confraternização. 
As rogativas, em geral, são para que se tenha muito dinheiro no bolso, saúde pra dar e vender. Mas será que se tivermos tudo isso teremos a garantia de um ano novo cheio de felicidade? Se Deus nos dá saúde, o que normalmente ocorre é que tratamos de acabar com ela em nome das festas.
Seja com os excessos na alimentação, bebidas alcoólicas, tabaco, ou outras drogas não menos prejudiciais à saúde. 
Não nos damos conta de que a nossa saúde depende de nós. Dessa forma, se quisermos um bom ano, teremos que fazer a nossa parte. Se pararmos para analisar o que significa a passagem do ano, perceberemos que nada se modifica externamente. 
Tudo continua sendo como na véspera. 
Os doentes continuam doentes, os que estão no cárcere permanecem encarcerados, os infelizes continuam os mesmos, os criminosos seguem arquitetando seus crimes, e assi…

Fluidos, Sugadores de Energia, Parte 2/6

NECESSIDADE DE UMA CARGA ENERGÉTICA VITAL
Todos nós possuímos necessidade de umacargaenergética vitalparanutrirnossoscorposfísicoe espiritual. A medida que gastamos a carga energética vital ela deve ser reposta, os mecanismos naturais de recomposição (respiração, alimentação, absorção fluido Cósmico universal e fluido vitais através dos chacras, etc). A reposição dessa carga energética vital na quantidade mínima que necessitamos para manter a vida depende de vários fatores, tais como: o modo de vida, o meio, a qualidadedospensamentos, dos sentimentos, das sensações, entre outros.
NUTRIÇÃO ENERGÉTICA
Uma parte da energia que precisamos nós obtemos através da alimentação, ou seja, através de comida sólida e líquida, o arroz-feijão de cada dia. Outra parte das energias vitais, absorvemos através da respiração. Porém, a maior parte de energia Vital que necessitamos é extraído do Fluido Cósmico Universalque é absorvido diretamente pelo perispírito através dos centros de forças. Nossa nutrição e…