Fluidos, Sugadores de Energia, parte1/6

Recebi essa matéria por e-mail, achei muito instrutivo e importante, como é um pouco grande vou dividira postagem em 6 partes, espero que gostem.
Pris

SUGADORES DE ENERGIA


(Jornal da Mocidade – Ago/97 e Revista Espírita Allan Kardec – Mar/98)

Parece mentira, mas há pessoas que parecem "sugar" energia da gente! O Ph.D. em Administração de Empresa Luiz Almeida Marins Filho, relatou em um dos seus livros, que certa vez estava muito bem, alegre e satisfeito. E encontrou-se num shopping com um amigo e em meia hora de conversa, o amigo deixou-o um verdadeiro"trapo"deprimido, triste.

Depois ficou pensando no que aconteceu e logo percebeu que aquela conversa horrível do “amigo”, falando só de doenças, roubos, estupros, filhos de amigos que haviam caído no vício, desemprego, falta de dinheiro, etc. acabou roubando-lhe a sua energia positiva! Quando acabou a conversa (onde só o amigo falou) ele parecia estar melhor do que nunca e, diz o Dr. Luiz, eu... em profunda depressão.

Cuidado com esses “sugadores de energia positiva”. Eles estão em todo o lugar: no trabalho, na família, na roda de amigos. Eles só sabem falar de desgraças. Só lêem obituário dos jornais e a seção de crimes horrendos. Gravam em vídeo o noticiário policial. Fazem estatísticas e sabem de cor quantos sequestros ainda não foram desvendados, quantas crianças continuam desaparecidas, quantos sem-teto, sem-terra, sem-emprego, sem-tudo existem no mundo!

Essas são aquelas pessoas que quando você propõe um piquenique elas logo dizem: "- Vai chover!".

São pessoas que azedam baldes de sal-de-fruta.

Eles são sempre "do contra". Avisam que "não vai dar certo" e torcem para que nada aconteça.

Depois dizem: "- Eu sabia que não ia dar certo...".

Esses"sugadores de energia" vivem da energia alheia e é muito difícil conviver com alguém "puxando você pra baixo" o tempo todo. Não seja você também um "sugador de energia"

Que felicidade que seria a nossa vida, se aprendêssemos a expulsar da nossa memória as coisas desagradáveis, idéias tristes e deprimentes. Com certeza, nossa força iria multiplicar se pudéssemos conservar só os pensamentos que elevam e animam.

Há pessoas que não podem se lembrar das coisas agradáveis. Quando nos encontram, tem sempre algo de triste a contar. Com qualquer mal que sofreram, se angustiam muito. Como se não bastasse, se preocupam até com que vão sofrer... Sabem lembrar-se só de fatos discordantes.

Dão a idéia de um armazém de quinquilharias, objetos inúteis e deteriorados. Retém tudo mentalmente, com medo de precisarem uma vez ou outra, disto ou daquilo, de maneira que o seu armazém mental está entulhado de detritos...

Bastaria que estas pessoas fizessem uma limpeza regular, que as livrassem dos montões inúteis e depois, organizassem o que sobrou, para terem êxitos. No entanto, não são incomuns, pessoas que se "enterraram" na infelicidade e na desarmonia. Outras, fazem exatamente o contrário. Falam sempre de coisas agradáveis e interessantes experiências que têm feito.

São indivíduos que passaram até perdas, aflições, mas falam delas tão poucas vezes, que parece nunca terem tido na vida, senão boa sorte e amigos. Estas pessoas fazem-se amar.

O hábito de mostrar aos outros o nosso aspecto positivo, é o resultado do nosso equilíbrio interior.

Quando estamos tristes por algum sofrimento, devemos procurar a sua causa para eliminá-lo.

Geralmente, porém, quando sofremos, buscamos a causa fora de nós.

Vemos pessoas se queixando que tem má sorte, suspeitando que seu vizinho é a causa, porque não se dá com ele, ao passo que ele é bem favorecido com a sorte nos negócios, na vida familiar, sendo estimado inclusive, pelos conhecidos. Se examinarmos as circunstâncias da vida destas pessoas, verificaremos que a queixosa é negligente, gastadora, intolerante nas opiniões e indisciplinada, ao passo que a outra pessoa é cumpridora dos seus deveres, econômica, modesta, não calunia, nem adula.

Emprega bem o seu tempo disponível lendo bons livros, fazendo cursos, esportes, ajudando seu próximo, sendo útil. Por isso, é estimada. Ao passo que a queixosa, está sempre perdendo (tempo, trabalho, fregueses, dinheiro, a família e os amigos), e sempre não tem tempo.

Vamos eliminar dos nossos corações, a desconfiança, o ódio, a inveja e a descrença e vamos cultivar a alegria, a fé e a crença no amor e na Justiça Divina, e será certo que venceremos na luta que a vida nos destina.

Continua...

Comentários

  1. Pris querida, tem pessoas que são assim mesmo...só conseguem ver o lado ruim de tudo...ainda bem que existem pessoas que são exatamente o oposto...são de bem com vida, e não que tudo seja perfeito, mas que lidam positivamente com a vida...estas pessoas nos fazem bem...beijinhos...
    Valéria

    ResponderExcluir
  2. PRIS, GOSTEI MUITO DESTE ARTIGO!!! MUITO INSTRUTIVO! CONCORDO PLENAMENTE QUANDO DIZ QUE DEVEMOS ESTAR SEMPRE FALANDO/FAZENDO ALGO POSITIVO! SOU CONTRA ASSUNTOS QUE LEVAM À DISCÓRDIA, À TRISTEZA E POR AÍ VAI. NÃO GOSTO DE FALAR DE MEUS PROBLEMAS, EXATAMENTE POR ISSO. QUANDO PRECISO FALAR, O FAÇO EM ORAÇÃO, ATÉ PORQUE É ELE, NOSSO MESTRE, QUE VAI PODER NOS AJUDAR.

    NOTICIÁRIOS DE TV, JORNAIS, INTERNET OU QUALQUER OUTRO VEÍCULO DE COMUNICAÇÃO QUE TRAZ NEGATIVIDADE, VEJO/LEIO/OUÇO APENAS UMA VEZ PARA FICAR ATUALIZADA E NADA MAIS. ~

    OBSERVE COMO AS TRAGÉDIAS DÃO IBOPE. É INCRÍVEL!

    EU TÔ FORA!!!

    PESSOAS QUE FALAM DE ASSUNTOS DESAGRADÁVEIS, TENTO DA MELHOR MANEIRA POSSÍVEL, LEVANTAR O ASTRAL DAS MESMAS, PORQUE DEVO AJUDÁ-LAS, AFINAL SÃO SERES HUMANOS CARENTES DE AFETO! MAS, ALGUMAS PARECEM GOSTAR DO SOFRIMENTO E SÓ FALAM NISSO.

    TODOS DEVEM QUERER MUDAR E DAR A VOLTA POR CIMA.

    MEU LANCE É LUZ, ALEGRIA, FORÇA E FÉ, COMO DIZ MEU BLOG!!!

    MUITO OBRIGADA POR ESTE ÓTIMO TEXTO!

    ESTOU ESPERANDO A CONTINUAÇÃO ,RSRSRSRS

    BEIJO GRANDE

    FIQUE COM DEUS :)

    ResponderExcluir
  3. Miguxa,adorei o artigo é um resumo de lição de vida,otimismo,e mais uma lição para quem que e precisa crescer espiritualmente.Parabéns por sempre esta ajudando o próximo.se não tivermos um equilibrio nos dechamos sem perceber sermos sugados ate o fim,e isso não é uma coisa lega de se sentir.Infelizmente não sabemos do o outro é capaz de nos fazer,de nos tirar e principalmente do q nos dá.Forte abraço

    ResponderExcluir
  4. parabéns miguxa dorei o artigo,isso é o espelho todo,pois quem nunca se sentiu sugado,como uma planta ate a raiz.Continue assim sempre ajudando o próximo,estou doida para lê a segunda parte kkk bjimmm

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Meus queridos amigos!
Obrigada pelo carinho e atenção de todos vocês!
Seus comentários são muito importantes pra mim.
Beijinhos

Pris

Postagens mais visitadas deste blog

Segredos da Alma

Mensagem Espírita de Fim de Ano

Fluidos, Sugadores de Energia, Parte 2/6